Guia para Destination Wedding

Procurando inspirações por onde começar a organizar seu destination wedding?
Blog da Loloh tem as respostas.

Love,

Loló

Como organizar um Destination Wedding


3 de agosto

Esse guia para destination wedding está demais, vale a pena conferir e viajar rumo ao altar!

 

Vamos dedicar esta semana para falar de um tema que vem mexendo com a cabeça de muita noivinha por aí: o Destination Wedding. Praia, campo, castelo, onde o sonho levar… Vamos postar aqui alguns casamentos tipo OHHHHHH que seguiram esse conceito. Mas para começar, um guia prático para facilitar a vida das noivas interessadas pelo tema.

guia para destination wedding

Bom, vamos lá. A ideia do Destination Wedding é unir a cerimônia do casamento com a chance de viajar com seus convidados para algum lugar paradisíaco, badalado, histórico… Um conceito comum na Europa e nos Estados Unidos e que tem ganhado espaço por aqui, no Brasil.

guia para destination wedding

Segue um guia prático que pode ser determinante para o seu Destination Wedding:

  • Orçamento: Saiba qual é a sua verba disponível e busque se informar o que você pode conseguir realizar dentro desse número. A festa, em um cenário diferenciado, como um castelo, ou uma praia, não precisa de muita decoração, por isso o preço pode ficar mais competitivo. Além disso, o evento será para um menor número de pessoas, menos do que uma celebração realizada em casa, significando mais economia. Contudo, essa conta deve ser muito bem feita porque existem custos de viagem e a diferença da moeda local. Vale ficar atento.
  • A escolha do local:Fique atento às questões religiosas de cada país, a distância, o idioma, as diferenças culturais e principalmente, os fornecedores. Veja se o local escolhido consegue te atender em tudo ou se será necessário “importar” algum fornecedor da sua cidade que seja de sua confiança. A dica aqui é pesquisar, pesquisar e pesquisar! Já existem consultores, cerimoniais e agências de turismo especializados que podem ajudar.
  • A lista: Se tratando de um Destination Wedding, pode ter a certeza que a quebra vai ser maior, ou seja, muitas pessoas não vão poder comparecer. Mesmo pessoas muito queridas podem não conseguir ir ao evento. O convidado deverá ter disponibilidade de tempo, verba para passagem aérea e hospedagem e nem sempre essa combinação é viável naquele momento. Enfim, a dica é fazer a lista um pouco mais extensa. Envie o “Save the Date”, com uns seis meses de antecedência e aguarde comentários dos convidados para você definir o número de pessoas certinho.
  •  Save the date: Superimportante para Desination Wedding! Você anuncia o evento, permite que as pessoas se programem com antecedência e recebe um “feed back” dos convidados, tipo quem vai poder ir, o que estão achando da idéia, etc. A dica é lançar junto um site do casamento, com todas as dicas para os convidados. Por exemplo, lista de hotéis e pousadas, transportes até o local da festa, salões de beleza recomendados, dicas do que vestir no dia do evento, dicas de entretenimento do local, restaurantes, etc.

icasei1

  • Recepção de boas-vindas: Como muitos chegam um dia antes do casamento é aconselhável proporcionar um evento de boas vindas. A dica é que o jantar ou coquetel de boas vindas seja mais informal, um evento menos intenso, apenas um ensaio, para que não prejudique o principal: O casamento.
  • Buffet e Decoração: A dica é aproveitar a culinária regional e oferecer para o seu convidado uma experiência gastronômica original, peculiar da região. A mesma ideia serve para a decoração, vale aproveitar a flora local, utilizar adornos diferenciados e decorar dentro do contexto do “Wedding”.

Estamos pesquisando para vocês, noivinhas rumo ao Destination Wedding, fornecedores para indicar do tipo Ohhhhhh! Guarde esse passo a passo e fique de olho nas indicações que estão por vir.

Até a próxima,

Loló.

destination-wedding-sierra-blanco-photography


1 de setembro